30/04/2018

Links do Mês #11 - Março (2018)



E a atrasada dos Links do Mês apareceu, haha! Mas como sempre, antes tarde do que nunca, então estou aqui, mais uma vez, pra compartilhar o que eu vi de mais legal ao longo do mês - dessa vez, de Março.

Março foi um mês ótimo pra mim, porque tive alguns momentos muito especiais, como o meu baile de formatura, a noite do Oscar e a compra do ingresso para o show do 5 Seconds of Summer (eu ainda não acredito nesse dia!). Além disso, também iniciei o cursinho, que está marcando uma fase da minha vida da qual eu não achei que iria curtir tanto. E, claro, pra aproveitar esse tanto de coisa legal, aqui estão os posts e vídeos que mais curti durante março, espero que gostem!

Posts

1. Aos 90, aposentado realiza sonho de fazer faculdade de Arquitetura no Estadão
Sabe aquelas notícias que dão um quentinho no coração? Então, essa é uma delas! Amo ler sobre pessoas correndo atrás de seus sonhos, não importa a idade, o momento e a origem!

Admiro muito o trabalho da Camila Coutinho, como blogueira e como empresária. O espaço que ela conquistou ao ser um dos primeiros blogs de moda do país é algo admirável, e vê-la falando sobre o seu negócio me inspira muito! Estou louca pra comprar o livro dela e conhecer um pouco mais sobre os bastidores do Garotas Estúpidas e toda a trajetória de seu trabalho.

Quando pensamos nas áreas de ciências exatas e biológicas, é triste dizer que poucas mulheres possuem espaço nesses campos de estudo. Grande parte dessa disparidade se deve ao machismo enraizado, que posiciona a mulher como pertencente à casa, e não aos estudos (em especial à ciência). Ver uma mulher conquistando um espaço tão relevante em uma área predominantemente masculina serve como uma baita inspiração para que outras mulheres se posicionem nos espaços que bem entenderem, afinal, lugar de mulher é onde ela quiser.

Cada vez que vejo uma notícia desse cunho, fica difícil de acreditar que estamos em 2018. Porém, é importante comentar sobre esses episódios, porque nós não podemos deixar que eles se repitam. Quem pensa que o Brasil não é um país extremamente racista está muito enganado - e deixando impune os diversos "Gustavos" que, ao sustentarem ideias de intolerância, permitem que o preconceito seja perpetuado.

No dia 14 de março de 2018, a vereadora Marielle Franco e o seu motorista Anderson Pedro foram assassinados a tiros, na região central do Rio de Janeiro. Marielle simbolizava a resistência e o enfrentamento em relação à violência policial no RJ, e a discussão sobre direitos da minorias - ela, inclusive, por ser mulher, negra, LGBT e ter conquistado um espaço na política, era uma grande representação dos grupos minoritários. Sua morte pode ter calado a sua voz, mas suas ideias continuam entre a gente - ideias que devem ser debatidas, expostas e divulgadas, de forma a mostrar que Marielle continua, sim, presente entre nós.

Se tem uma coisa que me orgulha nesse país, é a quantidade de gente incrível que dedica o seu tempo e disposição para construir uma carreira científica - mesmo com os cortes nos investimentos de ciência e tecnologia. Muitos assuntos - como o tema da pesquisa Rafaela, a doença de Chagas - são negligenciados por não representarem relevância para as grandes indústrias, então é admirável ver uma cientista brasileira não só se dedicando a pesquisar sobre, como também sendo reconhecida, inclusive, fora do país.

Eu, como católica, me sinto muito representada pelas palavras do Papa Francisco desde que seu pontificado começou. Ver como ele aborda assuntos muito importantes da atualidade, de modo a deixar claro que o maior e mais importante mandamento do catolicismo é amar uns aos outros me traz muita esperança sobre o legado e o impacto que ele está deixando na comunidade.

Vídeos

1. A versão de IDGAF, da Dua Lipa, com Charli XCX, Zara Larsson, MØ e Alma


A Dua Lipa é com certeza, na minha opinião, uma das artistas mais talentosas dos últimos anos. Depois do meu vício em New Rules, fiquei de olho pra ver qual seria o próximo single e desde que IDGAF foi lançada, canto loucamente toda vez que vejo tocando em algum lugar haha! Essa versão na BBC Radio 1 ficou incrível, né? Nada melhor do que um grupo de mulheres maravilhosas pra cantar junto com outra artista igualmente maravilhosa!

2. Vou fazer intercâmbio?, da Julie Duarte


Acompanho a Julie há tanto tempo que já fico feliz por cada conquista que ela compartilha em seu canal! Fazer intercâmbio é também um grande sonho meu, e vê-la falar de toda a sua dedicação para tornar essa vontade uma realidade só me deixou inspirada para, um dia, realizá-la também!

3. Não passei no ENEM, e agora?, da Alexandrismos



Quando decidi por não começar a faculdade agora, refleti por muito tempo se eu não estaria, por alguma razão, atrasando a minha vida, e a real é que, na verdade, a decisão de ter uma carreira pro resto da vida é muito importante para ser tomada tão cedo. Embora eu não tenha muitas incertezas quanto ao curso que eu quero (Jornalismo, como a Alexandra!), sinto cada vez mais que tomei a decisão certa. Caso você precise de uma luz sobre o assunto, recomendo muito esse vídeo!

4. Como descobrir o seu estilo, da Victoria Ferreira


Caí no canal da Vic Ferreira por conta das recomendações dos canais que eu assisto, e simplesmente me apaixonei pelos vídeos dela! O modo simples e esclarecido com que ela aborda diversos assuntos sobre comportamento e estilo de vida me inspira muito a procurar a melhor versão de mim mesma - e esse vídeo é um exemplo disso! O jeito que ela relaciona o estilo com o seu modo de se projetar no mundo me fez refletir muito sobre o que eu passo com as minhas roupas.

5. A nova música do Harry Styles, Medicine


Já no ~esquenta~ pro show do Harry (tá pertinho, gente!), estou ouvindo as músicas deles ainda mais, pra cantar tudinho no dia 29 de maio! E no comecinho de março, estreando a segunda parte da sua turnê mundial, o Harry aproveitou pra apresentar ao vivo mais duas músicas inéditas, e uma delas é Medicine. Além de seguir bem a vibe mais rock clássico de algumas de suas canções do primeiro álbum, as fãs acreditam que ela faz uma menção sutil à sexualidade do Harry, com o trecho "The boys and the girls are here/I mess around with him/and I'm okay with it". Sinto cada vez mais orgulho desse menino <3

E esse foi o post de hoje, espero que tenham gostado! Ah, e decidi reduzir o número de textos compartilhados para que o post não ficasse tão longo, e achei que ficou melhor assim! Mês que vem estarei aqui com outro Links do Mês pra vocês :)

Beijos,
Malu

Nenhum comentário:

Postar um comentário