07/06/2017

Diário do Roacutan #04 - Terceiro mês



Estamos no quarto post do Diário do Roacutan, e com ele, posso dizer com a maior felicidade do mundo que estou oficialmente no meio do tratamento! Está passando muito rápido, e fico muito contente em ter um espacinho aqui pra poder compartilhar todo o processo com vocês. Mais uma vez, obrigada pelo apoio, pessoal!
Esse remédio é estritamente controlado e muito forte, portanto, você só pode tomá-lo com indicação e acompanhamento médico. Se você acha que o Roacutan pode resolver a sua questão com a acne, consulte um especialista, e então ele - e somente ele - poderá te dizer qual é a melhor forma de tratamento para o seu caso. Esse post não é nenhum tipo de apologia ou incentivo ao uso desse medicamento, é apenas um compartilhamento (de forma leiga e bem pessoal) da minha experiência com o Roacutan.
Esse mês foi mais movimentado - a começar pelo fato de que não tive consulta de retorno, já que, entre outras coisinhas, os meus horários e os da minha médica não estavam batendo, então só irei vê-la daqui a duas semanas. É um tempinho extenso, mas por sorte, meu tratamento não será interrompido.

Bom, comecei o terceiro mês no dia 23 de abril e com ele, veio mais um efeito colateral: meu nariz passou a sangrar em alguns momentos do dia. Não era algo alarmante, só parecia que a parte interna estava incrivelmente sensível, então qualquer exposição ou ritmo de respiração diferente fazia com que ele sangrasse um pouquinho. Imagino que um dos fatores que tenha tornado esse efeito mais presente foi o tempo seco que fez aqui em São Paulo no fim de abril e início de maio. Para dar uma aliviada então, passei a usar o Rinosoro algumas vezes por dia e isso me ajudou bastante!

Aliás, outro hábito que adquiri nesse último mês foi passar Bepantol nos lábios antes de dormir (a pomada mesmo) - e que diferença maravilhosa! Sério, o meu lábio ficou bem ressecado por alguns dias e eu achei que ia demorar para recuperá-lo, mas foi só usar Bepantol por umas cinco noite seguidas e tchans: minha boca ficou bem menos seca e sensível.

Quanto a pele, meu rosto está bem parecido com o quadro do mês passado - o que eu particularmente acho uma coisa boa, pois isso prova que os efeitos do remédio realmente permanecem. Apareceram uma ou duas espinhas, mas nada surpreendente. Essas são as fotos desse mês (novamente, sem qualquer edição!):










O destaque desse mês foi realmente para as minhas costas. Mano do céu, como elas estão lisinhas! Dá até uma emoçãozinha passar a mão e ver que não tenho nenhum cravinho ou espinha crescendo. Pode até parecer meio besta, mas por muito tempo eu achei que teria lidar com as espinhas durante uma grande parcela da minha vida, então poder ver resultados tão significantes me deixa em um nível de alegria muito muito grande!

Por último, acho válido citar uma coisinha muito legal que também rolou nesse mês: meus queloides nos ombros diminuíram! Pra quem nunca ouviu o termo, os queloides são "um crescimento em excesso do tecido de cicatrização no local de um ferimento já curado" (fonte). Eu acabei desenvolvendo-os nos ombros, porque a área tinha muita espinha que eu acaba coçando e mexendo bastante, e achei que teria de tratá-los logo depois que o Roacutan terminasse. Para minha surpresa, o remédio também está ajudando nesse aspecto, então é possível que eu não tenha que estender o meu tratamento dermatológico para aliviá-los. Que notícia maravilhosa, não é mesmo?

Enfim, maio foi com certeza um mês movimentado e com muitos pontos positivos.. Espero que o quarto mês também seja ótimo e que o tratamento continue rolando de uma maneira muito tranquila!
Como sempre, obrigada pelo apoio, e até o mês que vem, com mais um (o quinto!) Diário do Roacutan!

Um comentário:

  1. Malu, acredita que comecei a usar Roacutan? Então teu Diário vai me dar parâmetros! Tô na primeira semana ainda, e já fico feliz de ver que teu rosto tá bem lisinho (e as costas!!!! Entendo muito a felicidade por ela não ter espinhas - e a agonia por ter). U GO GIRL, manda esses infortúnios pra fora!!!!

    ResponderExcluir