19/03/2014

Para assistir: Eu não quero voltar sozinho


Meu sumiço tem nome: semana de provas! Tudo ficou muito corrido nessa semana, comigo estudando e revisando a matéria. Mas hoje, as provas finalmente acabaram, então voltarei aos poucos com o ritmo normal! :)
Que eu gosto de ficar na internet, todo mundo sabe. Pode não ser um lugar muito bonito por conta do mau uso que muitos fazem, mas é muito legal o fato de várias campanhas contra determinados preconceitos começarem aqui, seja por meio de textos, petições e reportagens. Ah, e por meio dos curtas também.

Há certo tempo, uma amiga minha me mostrou um curta brasileiro que tava fazendo muito sucesso lá fora, principalmente por causa do tumblr. Ela dizia que era a história mais fofa do universo, e então eu fui assistir e quer saber? Não me arrependi! Sabem de qual curta eu estou falando? Isso mesmo, do Eu não quero voltar sozinho.


Pra quem não conhece, o curta conta a história do Leo, um adolescente cego que tá lutando pra conseguir sua independência. Ele conta com a ajuda e companhia de Gi, sua amiga, que mantém uma paixão por ele em segredo. Mas tudo muda quando Gabriel, um aluno novo, aparece. Agora, Leo se vê confuso em relação aos seus sentimentos e tenta desembaralhar tudo aquilo que está guardando dentro de si. Ficou curioso? Clica no play!


Nem preciso dizer que o curta é apaixonante, não é? O que mais me chama atenção na composição do curta é fato dele lidar com um assunto que infelizmente nem todos aceitam, que é a homossexualidade, com uma simplicidade incrível. O vídeo fala da descoberta, do amor como um todo; ele é um sentimento tão puro e bonito, independente de quem sente por quem.

E o mais legal de tudo é que, tamanho foi o sucesso, que o curta foi transformado em filme. O longa-metragem fez parte do festival de Berlim desse ano, e saiu premiado de lá. Aqui no Brasil, já liberaram o trailer e o cartaz. "Hoje eu quero voltar sozinho", o filme do mesmo diretor do curta-metragem, estreia no Brasil dia 11 de abril.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho  


Eu estou louca pra assistir, e vocês?
Pois bem, já conheciam o curta? Se sim, o que acharam? E vocês que assistiram agora, também gostaram? Deixem aqui nos comentários!
Beijos,
Malu

08/03/2014

Top 5: Melhores momentos do Oscar 2014



No domingo, dia 02, ocorreu a maior premiação do ramo cinematográfico, o Oscar. Foi a primeira vez que eu consegui assistir o evento inteiro, e eu fiquei encantada pela premiação. Pensando nisso, vim selecionar os melhores momentos, na minha opinião. Espero que gostem!

1. Ellen Degeneres como apresentadora


Eu já conhecia a Ellen - inclusive, já assisti várias vezes o programa dela - e fiquei muito contente quando vi que ela seria a apresentadora. E olha: foi uma escolha muito inteligente! Ela tem carisma, sabe lidar com o público, e não precisa apelar pra nenhuma piada com sentido mais negro pra conseguir audiência. Grande parcela do sucesso do Oscar foi pela sua apresentação, sem dúvida!

2. Os discursos de Jared Leto, Lupita Nyong’o e dos diretores de "Mr Humblot"



Confesso que não sou de prestar atenção na maioria dos discursos, mas têm alguns que me encantaram por completo. O Jared Leto - vencedor da categoria de melhor ator coadjuvante - falou sobre sua história e sobre estar ao lado daqueles que lutam contra a AIDS (essa é uma das características de seu personagem no filme) e daqueles que lutam cada dia pelos seus sonhos; a Lupita se entregou ao palco agradecendo por todo o apoio e pela grande equipe do filme que lhe rendeu o Oscar, 12 Anos de Escravidão. E por fim, o meu favorito: os criadores do melhor curta-metragem de animação se emocionaram demais quando foram receber o prêmio. O que estava falando tremia tanto e falava com a voz tão enrolada ameaçando chorar... Eu fiquei imensamente feliz por eles <3

3. A Performance da P!nk



Esse ano, o Oscar homenageou os 75 anos do filme O Mágico de Oz, e para fazê-lo com grandiosidade, a P!nk cantou Somewhere Over The Rainbow. Gente, essa mulher é incrível! Sou apaixonada pelo trabalho dela como um todo, foi a melhor escolha para homenagear esse filme lindíssimo!

4. A selfie mais compartilhada e a entrega de pizza


Esses dois momentos foram possíveis graças ao trabalho da Ellen. Ela juntou diversos atores que estavam ao redor dela e juntos, tiraram uma selfie em grande estilo. Quem diria que essa foto seria a mais retweetada, com 3 milhões de retweets - e crescendo! Como se não bastasse, um tempo depois, um entregador de pizza apareceu e ela foi distribuindo pedaços por toda a plateia. Imagina você, como entregador de pizza, fornecer seu produto para o Brad Pitt, a Meryl Streep, o Jared Leto...

5. Os apresentadores dos prêmios


A Academia teve um gosto riquíssimo para selecionar os apresentadores de cada prêmio. Os meus favoritos foram a Anne Hathaway, o Jim Carrey, o Zac Efron e o Daniel Day-Lewis. Mas ninguém ganhou da Emma Watson com o Joseph Gordon-Levitt! Lindíssimos do meu <3

As únicas duas coisas que me decepcionaram foram: a Idina Menzel não ter cantado Let It Go tão bem (comassim Idina? Cadê o divismo?) e o fato do Leo DiCaprio ter perdido o prêmio de melhor ator de novo! C'mon Academia? Qual é o problema de vocês com o Leo?
Pra mim, foi uma premiação muito bem aproveitada! Mas e vocês, assistiram o Oscar? O que mais gostaram? Pra quem estavam torcendo? Comentem aí!
Beijos,
Malu

01/03/2014

Lançamento: A Menina que Colecionava Borboletas!

Todas as fotos da livraria foram tiradas pela Saraiva Conteúdo

Olha quem resolveu dar as caras por aqui depois de duas semanas! Um mês de aula e eu já tô arrumando tarefa pro resto do ano, haha! Mesmo com toda essa correria, posso dizer que tô tendo tempo pra colocar em prática coisas que eu planejei pra esse ano, e com isso o blog foi ficando parado! Mas não se preocupem: tô querendo arrumar tudinho no feriado!

Mas não é sobre isso que eu quero falar no post! Hoje, vim compartilhar com vocês um evento que eu tive o prazer de comparecer: o lançamento do livro da Bruna Vieira, "A Menina que Colecionava Borboletas"! Foi uma experiência incrível e, mesmo acontecendo há quase um mês, cá estou eu compartilhando com vocês!

Bom, umas duas semanas antes do lançamento, eu descobri que a Bruna ia lançar esse livro aqui em São Paulo. No começo eu nem me empolguei tanto, porque os eventos anteriores dela foram realizados em shoopings e horários que não dariam para eu ir, mas quando eu vi que seria em um sábado livre, em um shopping que eu já tinha ido, minha animação cresceu instantaneamente!


Depois de combinar de ir com uma amiga (valeu, Pri <3), fiquei contando os dias para o lançamento. Ele ocorreu no dia 08/02 na Saraiva do Shopping Center Norte (pra quem não sabe, foi o mesmo local onde, quase um ano antes, eu tive a oportunidade de conhecer a Paula Pimenta).

Cheguei lá com quase duas horas de antecedência e fui comprar o livro, que ainda estava disponível. Quando olhei pro andar de cima, levei um susto: a fila dava voltas no andar inteiro e só aumentava o número de pessoas. Deu vontade de chorar, sério, ausahushuahusau! Mas em momento algum eu quis sair da fila!


Conversei com algumas garotas que estavam perto de mim, e conforme a fila andava, a expectativa crescia. Depois de quase seis horas na fila, assim que vi a Bruna, todo o calor, fome, cansaço, diminuíram. Ela é um amor de pessoa! Fui logo dando um abraço nela, e quando ela viu que meu nome era Malu, contou que também se chamaria assim, por conta da junção dos nomes de seus pais. Enquanto ela autografava o livro, eu a agradeci por ter sido um dos motivos pelo qual eu voltei com o meu blog, que ela perguntou o nome e o achou muito fofo! Depois tirei uma foto com ela e por fim, mais um abraço.

Foi um dia muito especial pra mim. A Bruna é uma grande blogueira e escritora, além de ser uma pessoa incrível. Desejo a ela todo o sucesso do mundo, e pode ter certeza que farei de tudo para vê-la na Bienal desse ano!





Quanto ao livro: já li boa parte e posso dizer que a Bruna transcreveu muitos sentimentos que eu também deixei guardados por algum tempo. Todo esse processo de amadurecer, vencer a timidez, se mostrar para o mundo é bem difícil, mas a Bruna soube retratá-los de uma maneira muito simples e gostosa de ler. Pra quem quiser comprar, tá R$ 27,90 na Saraiva.
O que acharam do post? Já leram esse livro da Bruna? E já puderam conhecê-la? Se sim, deixem aqui nos comentários, vou adorar saber!
Beijos,
Malu